Anastrozol

Anastrozol
Anastrozol

Tudo o que você precisa saber sobre o Anastrozol

O medicamente Anastrozol se trata de um inibidor de aromatase (IA) de terceira geração, no que se refere aos mais segmentados e fortes, que foi criado e vendido na década de 1990 com a nomeação comercial de Arimidex, destinado ao combate do câncer de mama no público feminino e também aos efeitos da pós menopausa. O remédio é destinado a utilização oral.

Vale destacar que o medicamente é fabricado pelo laboratório Eurofarma e pode ser adquirido em farmácias o modelo de comprimidos. No entanto, também pode ser encontrado com a nomeação de Arimidex, sendo feito neste modelo pelo laboratório AstraZeneca.

Conheça as indicações do Anastrozol

Normalmente, o uso do Anastrozol é recomendado para o combate do câncer de mama em mulheres ainda em seu estágio inicial, além de ser recomendado para reduzir os efeitos do período da pós menopausa. Este remédio ajuda na redução do perigo de aparecimento de câncer de mama na outra mama, sendo bastante útil como uma espécie de tratamento adjuvante, ou seja, um tipo de ajuda complementar para a paciente que está lidando com a enfermidade.

Valor comercial do Anastrozol no Brasil

Exatamente por se tratar de um medicamento para o combate do câncer de mama o seu valor comercial pode variar consideravelmente. A paciente pode encontrar o Anastrozol com preços que podem variar dos R$ 70 a até 600 reais.

Modo de uso adequado do Anastrozol

A maneira indicada para fazer a utilização do remédio deve ser feita da seguinte forma: a ingestão de um comprimido de 1 mg uma única vez por dia, acompanhada com um copo de água, mas sempre na mesma hora. Vale destacar ainda que o comprimido não pode ser quebrado, aberto ou mastigado.

Mesmo em pessoas que sofrem com a insuficiência renal ou ainda com a hepatite não existe indicação para mudança nesta dose do medicamento.

Confira os efeitos colaterais do Anastrozol

Os efeitos colaterais do Anastrozol podem originar uma sensação de calor, abafamento, fraqueza, dores, problemas nas articulações, dores de cabeça, enjôos, vermelhidão na pele, artrite, perda de cabelo, alergia, sono excessivo, sensação de formigamento nos punhos, falta de apetite, elevação das taxas de colesterol, dores musculares, dores nos ossos e mudanças no paladar.

Vale lembrar ainda que o medicamente pode aumentar o perigo de fraturas nos ossos por causa da redução nas taxas de estrogênio no sangue.

Veja as contraindicações do Anastrozol

O Anastrozol não deve ser consumido por crianças, gestantes, mulheres no período de pré-menopausa ou nas mulheres que possam engravidar no decorrer do procedimento, durante a amamentação de recém-nascidos e em pessoas que sofrem com hipersensibilidade a qualquer fator da formula química do remédio.

Além disso, o medicamento não pode ser usado em uma pessoa que sofre com doença no fígado ou ainda nos rins e se o paciente estiver consumindo uma medicação sem o conhecimento medico.

Fica evidente que se trata de um medicamento que só deve ser consumido sob prescrição médico e também contando com o acompanhamento de um profissional capacitado.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *